CENTRAL DE ATENDIMENTO: 11 94244 1286 SEGUNDA A SEXTA, DAS 8H ÀS 17H48

Medicina da Família: a construção de uma sociedade mais saudável

índice

Uma sociedade saudável e com alta qualidade de vida é aquela que é bem cuidada em todas as situações do dia a dia. Adoecer não foge à regra, mas não é o único momento que merece atenção.

A medicina da família é a peça chave para a construção de uma comunidade melhor. Por isso, vamos explicar melhor o que significa esse conceito e entender a sua importância em nossas vidas.

O que é a Medicina de Família?

A Medicina de Família e Comunidade é uma especialidade da saúde reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em que o médico atende os seus pacientes ao longo de suas vidas, independentemente de quais seja a sua idade, gênero ou quadro de doença.

Entre as funções realizadas pelo médico da família, destacam-se:

– Tratamento e prevenção de doenças;

– Promoção da saúde;

– Redução de danos na comunidade;

– Orientação sobre protocolos e medidas de saúde pública;

– Reabilitação de pacientes.

Além disso, o médico da família também é responsável por promover atividades em grupos e articulações comunitárias, em prol do bem-estar da população em geral. Desta forma, mais do que tratar e garantir a continuidade do cuidado, o profissional colabora com a organização política e social.

Pode-se dizer que uma das principais características da medicina da família consiste na aproximação do médico a seus pacientes. Essa prática é considerada benéfica, pois terá mais fácil acesso ao entendimento da doença, como o acesso ao histórico familiar e prevenção.

Qual a formação do médico de família?

Para ter formação como médico da família é preciso cursar a faculdade de Medicina e realizar residência médica de dois anos, ou  frequentar especialização e se submeter à prova de titulação.

A Medicina de Família e Comunidade está se fortalecendo cada vez mais e, ao longo dos anos, tem passado por algumas mudanças que demonstram o quanto essa especialidade é importante para todos.

Por essa razão, a formação de profissionais capacitados e voltados para o atendimento humanizado são diferenciais para os médicos de família, abrindo inúmeras oportunidades de carreira.

Mas afinal, qual a importância da Medicina da Família?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma das dez principais ameaças à saúde global é justamente a falta de acesso à atenção primária. Sendo assim, a Medicina de Família e Comunidade é uma especialidade extremamente importante, ainda mais em países como o Brasil, uma vez que os médicos de família atuam em casos de Atenção Primária à Saúde, com atuação junto às pessoas carentes e que precisam de cuidados continuados, levando em conta aspectos sociais, culturais e econômicos de cada região.

Nesta área, o profissional constrói uma relação de cuidado com o paciente, compreendendo o estilo de vida, os medos, as angústias, os desejos e sonhos de cada um. Dessa maneira, é possível propor ações para melhora da qualidade de vida, manutenção da saúde e promoção do bem-estar nas comunidades.

Pólis Cursos

Pólis Cursos

É uma organização fundada e dirigida por professores universitários atuantes há mais de 20 anos em cursos de graduação e de pós-graduação em diversas IES dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, período em que construiram sólida vivência no planejamento e coordenação de cursos.

Leia também...

No cenário contemporâneo, a saúde e segurança no ambiente de trabalho são questões de extrema relevância, pois afetam diretamente o...

No cenário da saúde, muitos profissionais têm sua formação baseada na excelência clínica, porém, nem sempre estão preparados para lidar...

A Prova de Título de Especialista em Medicina do Trabalho, emitida pela Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT), é...

Escolha sua platafroma