CENTRAL DE ATENDIMENTO: 11 94244 1286 SEGUNDA A SEXTA, DAS 8H ÀS 17H48

O que é o Fevereiro Roxo e Laranja? Conheça a data e entenda porque é tão importante

índice

medicina do tráfego - Pólis Cursos

No Brasil, o calendário de saúde é bem colorido. Escolhemos essas representações para nos lembrarmos das mais diversas doenças e causas que merecem a atenção e conscientização da população.

Em fevereiro, voltamos nossos olhares para as campanhas de combate e tratamento da  fibromialgia, do Alzheimer e do lúpus. Desde 2014, a cor escolhida para representar esse mês é o roxo.

Mas afinal, por que pensar nesses diagnósticos em conjunto? O motivo é que tais doenças são crônicas, ou seja, tem tratamento, mas não têm cura, e podem se manifestar em qualquer momento de nossas vidas.

Nesse sentido se apresenta o lema da campanha “Se não houver cura, que ao menos haja conforto”, reforçando a ideia de promover o bem-estar dos portadores dessas doenças.

E o Fevereiro Laranja, sobre o que se trata? Esta segunda cor foi escolhida para conscientizar a população sobre um dos tipos mais graves de câncer, a leucemia. 

Quer saber mais sobre estas doenças, seus sintomas e tratamento? Continue acompanhando este blog e se informe.

Alzheimer:

Esta doença é causada pela morte de células cerebrais, que se apresenta a partir da demência ou perda de funções cognitivas como memória, orientação, atenção e linguagem. Mesmo antes do surgimento dos sintomas, a doença já pode estar em andamento, o que dificulta seu diagnóstico e tratamento. No Brasil, dados do Ministério da Saúde indicam que em torno de 1,2 milhão de pessoas têm a doença e 100 mil novos casos são diagnosticados por ano.

Quais são os sintomas?

Dentre os sintomas mais comuns estão a perda de memória, a desorientação no tempo e espaço, a dificuldade em realizar tarefas do dia a dia, alteração de humor e comportamento, e problemas com a fala.

Qual o tratamento?

Hoje em dia as medicações existentes cumprem apenas o papel de aliviar os sintomas, atrasando a progressão da doença.

Fibromialgia:

A doença é caracterizada por dores generalizadas em todo o corpo, causadas por uma condição neurológica crônica. Além disso, os pacientes podem apresentar aumento de sensibilidade à dor. O desconforto causado pela doença pode acarretar transtornos psicológicos, como ansiedade e depressão.

Quais são os sintomas?

Dores em todo o corpo que perduram por mais de três meses são o primeiro alerta a surgir. Outros sintomas são: pontos dolorosos na musculatura, alteração do sono e fadiga, quadro de depressão ou ansiedade, alterações do hábito intestinal e cognitivas, falta de memória ou concentração.

Qual o tratamento?

A especialidade que determinará o tratamento para a fibromialgia é o reumatologista. Ele conduzirá o paciente a tratamentos que aliviam os sintomas e controlem as dores, melhorando, assim, a qualidade de vida. Os mais utilizados são medicamentos, terapia ocupacional, atividade física, fisioterapia, alimentação anti-inflamatória e acupuntura.

Lúpus:

De forma bem simples, é quando o corpo “ataca” a si mesmo. Caracteriza-se por um distúrbio crônico que faz o sistema imunológico produzir anticorpos em excesso sem um motivo aparente. Este “ataque” provoca  inflamações e lesões em vários órgãos. Rins, pulmões, pele e articulações são as áreas mais afetadas, porém a doença pode atingir cérebro e coração.

Quais os sintomas?

O portador de Lúpus apresenta febre acima de 37,5ºC, manchas vermelhas na pele, dor muscular e rigidez. Além disso, pode desenvolver inchaço nas articulações, queda de cabelo, sensibilidade à luz e cansaço excessivo.

Qual o tratamento?

Aqui a forma de tratamento variará de acordo com o órgão atingido pela doença e a gravidade do estado do paciente. O Lúpus pode acarretar sintomas leves a graves, e os pacientes poderão necessitar de imunossupressores, como corticoides e outros. Algumas recomendações são feitas pelos médicos como uso de proteção solar, evitar uso de hormônios (estrógenos), prática de exercícios físicos e alimentação saudável 

Leucemia:

Com origem geralmente desconhecida, a leucemia é uma doença que afeta a produção de glóbulos brancos no corpo. Sua principal característica é o aumento de células doentes na medula óssea, substituindo as células sanguíneas normais. Os quatro principais diagnósticos de leucemia são: leucemia mieloide aguda (LMA), leucemia mieloide crônica (LMC), leucemia linfocítica aguda (LLA) e leucemia linfocítica crônica (CLL).

Quais os sintomas?

O paciente apresenta febre, fadiga e fraqueza persistentes, infecções frequentes ou graves, perda de peso sem motivo aparente, nódulos linfáticos inchados, hemorragias ou hematomas recorrentes, além de dores nos ossos e nas articulações.

Qual o tratamento?

Nos casos agudos, o tratamento indicado é a quimioterapia, além do controle das complicações infecciosas e hemorrágicas e prevenção ou combate da doença no Sistema Nervoso Central. Para alguns casos, é indicado o transplante de medula óssea.

Pólis Cursos

Pólis Cursos

É uma organização fundada e dirigida por professores universitários atuantes há mais de 20 anos em cursos de graduação e de pós-graduação em diversas IES dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, período em que construiram sólida vivência no planejamento e coordenação de cursos.

Leia também...

No cenário contemporâneo, a saúde e segurança no ambiente de trabalho são questões de extrema relevância, pois afetam diretamente o...

No cenário da saúde, muitos profissionais têm sua formação baseada na excelência clínica, porém, nem sempre estão preparados para lidar...

A Prova de Título de Especialista em Medicina do Trabalho, emitida pela Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT), é...

Escolha sua platafroma