Enfermagem em Urgências, Emergências e Trauma (Exclusivo para Pelotas/RS)

Enfermagem em Urgências, Emergências e Trauma (Exclusivo para Pelotas/RS)

Duração :
12 Meses
Vagas :
A PÓLIS reserva-se o direito de não iniciar a turma se não houver número adequado de alunos para sua sustentabilidade
Público Alvo :
Enfermeiros (as)
Cidade :
Hotel Curi - Pelotas/RS
Data de Início :
Agosto/2020
Carga Horária :
360 Horas
Horários das Aulas :
Dois sábados por mês, 8h00 às 18h00
Investimento :
Taxa de Inscrição: R$ 200,00 (não reembolsável)

+ 18 x R$ 360,00 (reajustadas anualmente)

*consulte outras formas de pagamento
Objetivo :
Capacitar e atualizar o profissional enfermeiro para o atendimento ao paciente em situação de urgência ou emergência, através de um cronograma com diversos cursos práticos otimizando assim o aprendizado do aluno preparando-o para atuar com segurança nas mais adversas situações
Disciplinas :
Legislação Aplicada às urgências e emergências
Suporte Básico de Vida – Curso prático
Atendimento pré-hospitalar – Curso Prático
Emergências pediátricas no pré e intra-hospitalar
Enfermagem nas emergências obstétricas e parto emergencial
Reanimação Neonatal
Enfermagem nas Emergências Psiquiátricas
Enfermagem nas emergências clínicas de emergência
Atendimento ás urgências e emergências neurológicas
Urgências e Emergências Cardiológicas e interpretação de ECG
Emergências na clínica cirúrgica
Suporte avançado de vida adulto – curso prático
Suporte avançado de vida pediátrico – curso prático
Acesso à via aérea e punção intraóssea na sala de emergência
Acompanhamento em ambulância de atendimento SAMU 192
Atendimento ao politraumatizado no intra hospitalar
Noções de resgate veicular e apresentação de materiais e ambulância de Resgate
Patologias psiquiátricas, entendendo a mente criminosa
Acidentes com animais peçonhentos, identificação de interesse médico

Obs.: O calendário das aulas será entregue ao aluno no seu primeiro dia, com todas as datas, para melhor preparar sua agenda.
Resolução :
Os cursos de pós-graduação lato sensu apresentam-se em conformidade com a Resolução MEC – CNE/CES N° 01 de 06 de abril de 2018.
Justificativas :
A crescente demanda pelos atendimentos de urgência e emergência tem ocasionado a necessidade de atendimento ágil e especializado para prestar os primeiros socorros aos pacientes que chegam aos hospitais, em alguns casos, o paciente que necessita do atendimento chega com medo ou sem nenhuma perspectiva de sobrevivência. Com isso, a qualificação profissional em urgência e emergência é de extrema importância para oferecer ao paciente todo suporte imediato.
As salas de emergência são o primeiro contato de atendimento que as vítimas se encontram. A partir disto, dependendo do suporte oferecido à vítima, lesões podem ser tratadas sem deixar nenhuma sequela, podendo minimizar o impacto.
Considerando a área de Urgência e Emergência, em 05 de Novembro de 2002 o Ministério da Saúde aprovou a Portaria 2048 que destaca o crescimento da demanda por serviços nesta área nos últimos anos, devido ao aumento do número de acidentes e da violência urbana.
Acidentes de trânsito causam 5 mortes no Brasil a cada 1 hora, informa um relatório divulgado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Entre 2008 e 2016, o total de 368.821 pessoas morreram vítimas de transporte nas estradas e ruas do país. Desta forma para reduzir a mortalidade e a incapacidade devido ao trauma o profissional enfermeiro necessita estar capacitado e atualizado para o atendimento ao paciente politraumatizado.
Coordenador :
Prof. Esp. Enf . Marcelo de Matos Coiro

Compartilhar :

INSCREVA-SE

 Sua inscrição foi enviada com sucesso. Entraremos em contato o mais breve possível.
Erro: tente novamente